Ter, 12 de Dezembro de 2017
Banner
NewsLetter

    confira-videos

      icon-twitter icon-facebook icon-Gmais 

Cientistas criam ouvido interno a partir de células-tronco e abrem caminhos para novos tratamentos

hits: 5644
por Kendra Chihaya
Sáb, 20 de Julho de 2013 21:27
PDF Imprimir E-mail

A descoberta fornece novas pistas sobre o processo de desenvolvimento do órgão sensorial, bem como, o desenvolvimento de medicamentos e tratamentos potenciais para distúrbios do equilíbrio e da audição.

 

dist  rbio do equil  brio-11056aPacientes com distúrbios do equilíbrio e problemas auditivos possuem esperança no desenvolvimento de novos tratamentos e medicamentos. Cientistas da Universidade de Indiana nos EUA publicaram na revista Nature, em 10 de julho, pesquisa no qual criam em laboratório uma estrutura de ouvido interno a partir de células-tronco embrionárias de camundongos. Segundo a pesquisa, as células-tronco embrionárias dos camundongos foram transformadas em estruturas principais do ouvido interno com células ciliadas, células de suporte e neurônios (estruturas que transmitem e detectam sons, movimentos da cabeça e gravidade), por meio de um método de cultura celular tridimensional. A equipe de pesquisa foi liderada por Eri Hashino, Ph.D e Ruth C. Holton, ambas professoras de Otorrinolaringologia da Escola de Medicina da Universidade de Indiana.

 

coclea2

A descoberta, segundo os pesquisadores, além de fornecer novos insights para o processo de desenvolvimento do órgão sensorial. Abre caminho para o desenvolvimento de medicamentos e tratamentos potenciais para perda auditiva e distúrbios do equilíbrio, como a terapia celular. Pois abre a porta para uma melhor compreensão dos processos de desenvolvimento e constituição do ouvido interno, bem como sua “cura” em casos de danos.




 

Sobre a Pesquisa

 

130710141852-inner-ear-300x300

Os pesquisadores usaram um método de cultura celular tridimensional para persuadir as células-tronco a desenvolverem o epitélio sensorial do ouvido interno, criando um ambiente muito parecido com o corpo humano. Segundo o Dra. Hashino, as tentativas anteriores de desenvolver células ciliadas do ouvido interno em sistemas de culturas de células “normais”, em parte, tinham sido mal trabalhadas, porque as pistas necessárias para crescer os “pacotes de cabelos” estavam em falta na cultura celular. Assim, ele determinou a sua equipe um controle temporal preciso de vias de sinalização durante o desenvolvimento in vivo, determinando células necessárias para ser suspensa na forma de agregados, por meio de cultura especializada em 3D, o que proporcionou um ambiente mais parecido com o corpo, durante o desenvolvimento precoce.


 

207680 actual

A equipe imitou o processo na fase seguinte, com a utilização precisamente programada de várias moléculas pequenas, que induziram as células estaminais a se diferenciarem de uma fase para a seguinte em precursores do ouvido interno. Mas, a suspensão em 3D também forneceu importantes pistas mecânicas, como a tensão de atração de células entre si, para a formação de tecidos. “A cultura tridimensional permite que as células se auto-organizem em tecidos por meio de pistas mecânicas e complexos que são encontrados durante o processo de desenvolvimento embrionário" disse Karl R. Koehler – estudante de pós-graduação no programa médico de neurociência da Escola de Medicina da Universidade de Indiana.

 

"Ficamos surpresos ao ver que as células-tronco, uma vez que são orientadas a se tornar precursores do ouvido interno e colocados em ambiente 3-D da cultura, estas células se comportam como se soubessem, não só como se tornar diferentes tipos de células do ouvido interno, mas também como auto-organizar em um padrão muito semelhante ao ouvido interno nativo", disse o Dra. Hashino.

 

Segundo os pesquisadores, os dados assim, estabelecem um novo modelo in vitro de diferenciação ouvido interno que pode ser utilizado para obter uma compreensão mais profunda desenvolvimento órgão, bem como de sua desordem e distúrbios.


 

Referência: Karl R. Koehler, Andrew M. Mikosz, Andrei I. Molosh, Dharmeshkumar Patel, Eri Hashino. Generation of inner ear sensory epithelia from pluripotent stem cells in 3D culture . Nature , 2013; DOI: 10.1038/nature12298


 

Fonte: Escola de Medicina da Universidade de Indiana

 

 

Leia Mais: 

Terapia genética surge como nova promessa para reverter a perda auditiva congênita

Pesquisa britânica indica que células-tronco podem curar a surdez  

Solução para a surdez através de células estaminais

Descoberto gene que causa um tipo de surdez

Perda repentina de audição associada a ocorrência de AVC nos próximos dois anos